Novo endereço de blog: http://jesuegraciliano.wordpress.com

Caros colegas servidores e estudantes, a partir do início de fevereiro estamos publicando somente no blog a seguir.

http://jesuegraciliano.wordpress.com

Continuaremos a defender bandeiras da ética, transparência, participação e capacitação dos servidores dos Institutos Federais.

Estaremos sempre a disposição para qualquer esclarecimento no email: jesue@ifsc.edu.br

Atenciosamente,

Prof. Jesué Graciliano da Silva

Leave a comment

Filed under Uncategorized

A importância da ética na gestão pública

Caros estudantes e servidores, em 20 anos como docente do IFSC não acumulei uma única falta em minha ficha funcional.

Também nunca respondi a um processo administrativo, criminal ou ético.

Depois de atuar como Diretor do Câmpus São José de 2003 a 2007, como Diretor de Gestão do Conhecimento em 2008, como Pró-Reitor de Desenvolvimento Institucional de 2009 a 2011, como Reitor pro tempore do IFSC de julho a dezembro de 2011, como Reitor pro tempore do IF-Farroupilha de junho a outubro de 2012 e como Reitor pro tempore do IFPR de agosto de 2013 a janeiro de 2014 temos convicção de ter dado uma pequena contribuição para a rede de educação profissional do sul do Brasil.

Nestes 10 anos de atuação lutamos sempre por bandeiras da transparência, da gestão participativa, da ética e do desenvolvimento das pessoas.

De todas essas bandeiras a que mais tem me chamado a atenção ultimamente é a ÉTICA.

Tenho disseminado o conceito da “ética da reciprocidade”. Devemos fazer com os outros o mesmo que gostaríamos que fizessem conosco. Como gestor público gosto de tratar meus colegas gestores como gostaria de ser tratado.

Como docente gosto de tratar meus estudantes como eu gostaria de ser tratado como estudante. Isso vale para nossas famílias e nossas relações de amizade e profissionais.

Para continuar lendo clique aqui

Nosso ponto de encontro para discutir gestão pública agora é esse novo endereço:

http://jesuegraciliano.wordpress.com/geral/

Prof. Jesué Graciliano da Silva

Leave a comment

Filed under Uncategorized

Relatório Final de Atividades da Gestão Pro Tempore

Prezados servidores e estudantes do IFPR, no dia 31 de janeiro de 2014 encerramos nosso trabalho no IFPR.  Foram quase 6 meses de intenso trabalho, onde procuramos sempre colocar o interesse público em primeiro plano.

Durante esse período adotamos sempre os princípios da administração pública: legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência, previstos no Artigo 37 da Constituição Federal.  Sempre deixamos claro que não importa se ocupamos o cargo por uma semana ou por 4 anos. Sabemos que a responsabilidade legal é a mesma.  Assumimos a responsabilidade legal decorrente de cada uma das assinaturas. Sabemos  que fazemos parte do rol de responsáveis do IFPR durante o ano de 2013 e que estamos sujeitos às avaliações e auditorias dos órgãos de controle.

Por esse motivo sempre tivemos a preocupação de agir dentro da legalidade e da publicidade, mantendo todos muito bem informados de nossa agenda oficial e de todos nossos atos.  Procuramos acionar a PGF, a CGU e a Auditoria Interna sempre que necessário. Isso nos deixa seguros de que fizemos tudo o que estava em nosso alcance para corrigir os problemas que observamos durante a interinidade.

Temos certeza de que os relatos publicados no blog são registros importantes desse período e que qualquer pessoa poderá conferir por si o que foi realizado, sempre que desejar.

Apesar de convites de minha parte, não foi possível a realização de uma reunião formal de transição com o Reitor eleito.  Também não foi possível a realização de um processo de transição assim que assumimos a gestão no dia 9/8/2013.  Devido ao afastamento cautelar determinado pelo Juiz não foi possível a realização de  reuniões para troca de informações durante todo o período de interinidade. Essa não é a situação que consideramos ideal.  Nas experiências anteriores de interinidade (IFSC e IFFarroupilha) procuramos trabalhar em sintonia fina com os dirigentes que assumiriam as funções,  justamente porque há interesse público de que não exista descontinuidade nos projetos importantes.

Para contornar essa dificuldade, preparamos um resumo das atividades realizadas no período de 9/8/2013 a 31/1/2014. Protocolamos e entregamos para o Reitor eleito. Também enviamos esse relatório para os membros do Conselho Superior e para a SETEC.   Podemos detalhar cada um dos itens, caso exista interesse expresso pelo Reitor eleito.

OFÍCIO 40/2014 – COMPLETO

Detalhamento das ações informadas no Resumo

Cada pró-reitoria e Diretoria sistêmica também produziu um resumo de suas atividades.  Entendemos que é fundamental a prestação de contas para a sociedade.  Essa ação é uma obrigação prevista na Lei de Acesso à Informação e na Constituição Federal em seu Artigo 37.

Muitas vezes a falta de compreensão sobre as motivações que levaram a tomada dessa ou daquela decisão pode causar interpretações equivocadas.   Todos os dias tomamos decisões importantes e para isso utilizamos nossa experiência de 20 anos de gestão pública na rede EPT e as informações e pareceres jurídicos disponíveis nos processos.

A falta dessa compreensão pode explicar eventuais  ruídos de comunicação ocorridos na última semana. Recebemos notícias de que algumas pessoas  teriam feito comentários deselegantes de que algumas de nossas ações durante a interinidade não teriam sido corretas e que a minha nomeação pelo Ministro teria prejudicado projetos importantes que estavam em andamento, quando ocorreu a operação Sinapse e a troca de pró-reitores e 3 diretores de campus.  

Praticamente todos os projetos importantes que nos foram repassados pelas pró-reitorias (em meados de agosto) tiveram continuidade durante o ano de 2013, conforme detalhamento no Ofício 40 (link abaixo).  Sempre deixamos claro que nenhum projeto deveria ser descontinuado. 

Compreendemos que nossa presença no IFPR durante esse período de interinidade não foi bem aceita por todos.   

Nos primeiros dois meses fomos pressionados com a tese de que não havia legalidade na nomeação. A partir da decisão proferida pela CONJUR (final de setembro) superamos essa dificuldade.

No entanto,  após essa decisão da CONJUR passamos a enfrentar oposição ao encaminhamento de diversas ações.  Procuramos sempre contornar essas dificuldades com tranquilidade convocando os responsáveis para esclarecimentos e providências cabíveis.

Em algumas oportunidades recebemos “recados” tais como: o concurso público para contratação de TAEs, os Jogos Nacionais da Rede EPT e o 2. SEPIN não poderiam acontecer.   Questões simples muitas vezes se tornaram complexas.  Com muito trabalho superamos também essas dificuldades. Todos esses grandes empreendimentos foram realizados com pleno sucesso, trazendo orgulho para todos os servidores e estudantes do IFPR.

Respeitamos os mandamentos legais e sabemos que, como figuras públicas, estamos sujeitos a críticas. Todos têm o direito de expressar suas contrariedades.  Mas entendemos que o direito de resposta é um direito constitucional. Por esse motivo nos colocamos à disposição para responder a qualquer questionamento, mas de forma oficial.  Não entendemos como ético a realização de críticas a pessoas que estão ausentes e que não podem prestar os esclarecimentos necessários.

No dia 3 de fevereiro, já no início da manhã,  soubemos que o endereço eletrônico jesue@ifpr.edu.br já havia sido desativado.

Por isso, caso queiram se comunicar comigo basta enviar mensagem para jesuegraci@gmail.com.

Acreditamos em um grande futuro para o IFPR. Estarei sempre acompanhando o que acontece nessa tão importante instituição, capaz de transformar para melhor milhares de vidas no estado do Paraná e em todo o Brasil por meio da educação à distância.

Muito obrigado mais  uma vez pelo carinho.

Contem sempre com meu apoio.

Atenciosamente,

Prof. Jesué Graciliano da Silva

Blog: http://eticaegestao.ifsc.edu.br

Leave a comment

Filed under Uncategorized

Mensagem de agradecimentos

Prezados estudantes e colegas servidores docentes e administrativos, desejamos a todos um excelente início de atividades letivas.

Colegas servidores, continuem firmes na nobre missão de educar e de transformar vidas. Vocês fazem a diferença e servem de modelo para nossos estudantes.

Minha missão junto ao Instituto Federal do Paraná (IFPR) está se encerrando nesse dia 31 de janeiro, conforme já havíamos informado anteriormente.

Na próxima semana reassumirei com alegria minhas atividades como docente do Câmpus São José do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC).

Aprendi muito nesse tempo em que aqui estive. Conheci pessoas extraordinárias e assimilei um pouco mais da cultura do Paraná. Passei a respeitar muito mais o trabalho realizado por cada um de vocês no IFPR, um dos maiores institutos federais do país.

Vocês fizeram com que eu me sentisse em casa e a verdade é que todos os Institutos Federais são uma mesma casa. Todos vocês serão bem-vindos ao IFSC porque o IFSC também é de vocês. Os impostos que pagamos lá garantem o funcionamento do IFPR aqui e os impostos que vocês pagam aqui garantem o IFSC lá.

Devemos trabalhar em rede aproveitando as boas práticas de cada um. Devemos trabalhar em rede entre os câmpus. No final todos nós temos uma causa comum: transformar vidas por meio da educação.

Podemos continuar estabelecendo grandes parcerias permanentes entre as Instituições Federais do Sul do Brasil em temas afins.

Recebi o incentivo de centenas de servidores nesse período e isso serviu de grande motivação. Essa proximidade com cada um de vocês me permitiu conhecer diversos ângulos e a tomar decisões mais seguras.

Dentre tantos desafios que enfrentamos destacamos a alegria de viabilizar o SEPIN, os Jogos Nacionais, a licitação das 18 obras, o concurso público, contribuir para o início da reestruturação da EAD, viabilizar o processo seletivo e principalmente de contribuir para realização de eleições para representantes dos estudantes, docentes e TAEs dos Colegiados dos Câmpus. Dia 26 de novembro foi um dia memorável para consolidação da participação da comunidade acadêmica no processo decisório do IFPR.

Caso vocês tenham qualquer pergunta sobre o trabalho que foi realizado ou sobre o andamento das atividades envie uma mensagem para mim. Faço questão de responder 100% das mensagens: jesue@ifsc.edu.br

Foram quase 6 meses intensos de trabalho, muito mais do que nossa previsão inicial de 30 dias.

Recebemos a informação de que a Comissão da Controladoria Geral da União (CGU), que está conduzindo o processo administrativo disciplinar para apuração, não solicitará afastamento cautelar do Prof. Colombo. Essa possibilidade nos foi repassada anteriormente em virtude do Art. 147 da Lei 8112/90.

Prof. Colombo deverá reassumir suas funções no dia 1.º de fevereiro, uma vez que o ato de minha nomeação está vinculado ao prazo definido pela decisão judicial – afastamento cautelar (até 31/1/2014).

Estamos organizando um relatório de atividades para repassar ao Prof. Colombo. Desejamos que ele tenha pleno sucesso nessa continuidade de gestão. Temos certeza de que as boas práticas implantadas nesse período de interinidade terão continuidade em sua gestão, uma vez que o interesse público sempre guiou nossas ações.

Estarei à disposição do Prof. Colombo para qualquer esclarecimento adicional. Temos videoconferências instaladas no IFSC e no IFPR para facilitar nossos contatos.

O ano de 2014 será muito importante para o IFPR. Muitos terão oportunidade de participar pela primeira vez da construção coletiva do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI). Será o momento de envolver também os estudantes nas discussões mais estratégicas. Eles precisam ser colocados no centro das discussões.

Aproveito para fazer ainda minha defesa incondicional da valorização das pessoas como forma de melhoria do processo de ensino-aprendizagem. Se aos Reitores dos Institutos Federais não é dada a prerrogativa de aumentar diretamente o salário dos servidores, é dada a eles a faculdade de se investir em desenvolvimento das pessoas. Os servidores capacitados ganham melhor porque evoluem nos níveis e classes da carreira e a instituição ganha com pessoas mais qualificadas e motivadas. Por isso, temos orgulho da aprovação da Resolução 44/2013, que trata do Plano de Desenvolvimento Contínuo dos Servidores do IFPR.

Conforme o Artigo 8.o do Estatuto do IFPR “será membro do Conselho Superior o último ex-Reitor do Instituto Federal do Paraná”. Por isso será uma honra substituir o Prof. Gonzaga como conselheiro do CONSUP do IFPR.

Mais uma vez gostaria de expressar meus sinceros agradecimentos a todos aqueles que contribuíram com o IFPR nesse período gestão pro tempore. Ninguém faz nada sozinho.

Agradeço especialmente aos Pró-Reitores, à Chefia de Gabinete, Assessorias, Diretores dos Câmpus.

Agradecer mais uma vez à minha família pela compreensão da importância desse trabalho.

Agradecer aos colegas de trabalho do IFSC pela compreensão e apoio, especialmente à Reitora Maria Clara pela cessão temporária.

Agradecer ao Prof. Aléssio e ao Prof. Marco Antônio pela confiança. Agradecer ao prof. Garabed Kenchian. Aos colegas do CONIF pela acolhida carinhosa de sempre.

Agradeço a cada um de vocês pela acolhida e pela atenção.

Desejo desde já muito sucesso e sabedoria na gestão que se reinicia dia 1.º de fevereiro de 2014.

Continuaremos discutindo assuntos relevantes para a gestão dos Institutos Federais a partir do Blog ÉTICA E GESTÃO (http://eticaegestao.ifsc.edu.br).

Gandhi nos ensinou que devemos ser a mudança que esperamos ver no mundo. Façam diferente e façam a diferença na vida das pessoas que convivem com vocês.

Sejam lembrados pelos seus estudantes daqui 20 anos.

Sejam felizes e contem com meu apoio sempre que precisarem.

Mais uma vez, obrigado por terem me recebido.

Um grande abraço e até breve no CONSUP.

Prof. Jesué Graciliano da Silva

Reitor pro tempore do IFPR –  8/8/2013 a 31/1/2014

Leave a comment

Filed under Uncategorized

Ampliação do horário de atendimento aos estudantes nos câmpus do IFPR

Caros estudantes e servidores, estamos publicando a Portaria 43/2014 que trata sobre a jornada de trabalho dos servidores TAEs do IFPR.
Nosso objetivo é ampliar o  horário de atendimento  nos setores estratégicos para os estudantes: Biblioteca, Assistência estudantil e Registro acadêmico.  Para simplificar vamos imaginar que hoje a Biblioteca de um campus funcione das 8h às 12h e das 13h às 18h. Muitos estudantes não podem ser atendidos porque durante o almoço ou após o expediente os setores estão fechados. Com a flexibilização essa biblioteca poderá funcionar das 8h até às 22h sem fechar em nenhum momento.  Serão 14 horas de funcionamento ininterruptos. Mas para isso será preciso reorganização dos horários dos servidores.

Na Portaria organizamos as regras internas para aplicação do Decreto 1590/95 e demais legislações vigentes, possibilitando inclusive a aplicação da flexibilização da jornada de trabalho aos servidores TAEs em situações especiais, de acordo com o interesse público e aplicação dos Diretores dos câmpus.  A compreensão dos órgãos de controle é de que somente com ampliação do atendimento aos estudantes há interesse público na flexibilização.

A Portaria 43 é resultado da continuidade dos trabalhos iniciados pela comissão instituída em 2012 e fruto de demandas sindicais do SINDIEDUTEC e do SINDITEST. A partir de reunião de avaliação com SINDIEDUTEC elaboramos uma minuta por meio da Assessoria Técnica da Reitoria  e conversamos com a CGU sobre os pontos principais.   Em reunião na última sexta-feira nos reunimos com o pró-reitor da PROGEPE, com representante do SINDIEDUTEC e com Assessoria Técnica para correção final da Portaria.

foto reunião sindiedutec janeiro 2014

 Como referência, analisamos os procedimentos que estão sendo adotados na UTFPR, onde a flexibilização está sendo avaliada pela CGU.  Aproveitamos também as boas práticas de outras instituições sobre o assunto.

O Acórdão do TCU 5847/2013 determinou que a flexibilização só pode ser aplicada quando existir, cumulativamente, as 3 condições a seguir:  atendimento ao público por no mínimo 12 horas ininterruptas, turnos ou escalas de serviço de atendimento, trabalho noturno, compreendido como aquele que ultrapassar as vinte e uma horas. 

A Portaria 43 estabelece uma série de procedimentos e fluxos que devem ser observados. Haverá uma comissão central responsável por analisar se as condições para aplicação da Portaria são tecnicamente atendidas. 

Todos os horários dos setores que terão horários de atendimento ao público ampliados deverão ser publicados em local de grande circulação e de preferência na internet, o que vai ao encontro da Lei de Acesso à Informação – publicada em 2012.

Atenciosamente,

Prof. Jesué Graciliano da Silva

Reitor pro tempore do IFPR

Leave a comment

Filed under Uncategorized

Sistema de Atividades Docentes do IFPR

Prezados servidores e estudantes, nessa semana a DTIC está finalizando os testes para implantação do Sistema de Atividades Docentes do IFPR.

Ele terá 3 funcionalidades básicas: cadastro de plano de trabalho, consulta de plano de trabalho, relatório semestral de atividades.

Todos os docentes deverão preencher no início de cada semestre as aulas, atividades de pesquisa, extensão, gestão, manutenção ao ensino, apoio ao ensino e outras atividades (Pronatec / capacitação por exemplo).  As informações ficarão armazenadas em um banco de dados para consulta pública e organização de estatísticas. Será possível fazer cruzamento detalhado de informações dos câmpus e planejar a contratação de novos docentes com mais segurança.

sistema docentes

Ao final de cada semestre os docentes devem acessar o sistema e justificar somente quando determinada atividade programada não tiver sido realizada .O sistema não faz a crítica das atividades ou da carga horária. Seu objetivo é declaratório e as informações precisam ser validadas pelo Diretor do Campus antes de se tornar disponível ao público.

Para construção do sistema a DTIC utilizou como referência as normas internas de distribuição de atividades docentes do IFPR e também um modelo semelhante do IFSC, finalista do prêmio boas práticas da CGU – Sistema PSAD.  Mas todo o desenvolvimento foi realizado do zero pela DTIC, o que é motivo de orgulho para o IFPR.  O sistema será gradualmente integrado ao Sistema Integrado de Atividades Acadêmicas, que está sendo implantado no IFPR.

O sistema permitirá que todos tenham uma visão completa de como está organizada a força de trabalho em todo estado, já que as informações ficarão disponíveis para consulta.   Os estudantes, pais, colegas e sociedade em geral poderão obter informações sobre horários e atividades sendo realizadas pelos docentes. É mais transparência para o IFPR.  Uma boa notícia para todos.

Atenciosamente,

Prof. Jesué Graciliano da Silva

Reitor pro tempore do IFPR

Leave a comment

Filed under Uncategorized

Pronatec pode ultrapassar meta de 8 milhões de matrículas

Caros servidores e estudantes,

Recomendamos a seguir a leitura da matéria completa que foi divulgada na Gazeta do Povo sobre o Pronatec.

Após 3 anos, Pronatec atinge 70% da meta

Conforme informações recebidas da SETEC, até o final de 2014 o Programa terá ofertado mais de 8 milhões de matrículas em todo país.

Uma grande notícia para a educação profissional e tecnológica.

Para o ano de 2014 o IFPR ofertará quase 10 mil matrículas no Programa em todo o estado, oportunizando o desenvolvimento de trabalhadores que necessitam cada vez mais de qualificação profissional.   A expansão dos cursos e do número de campus são fundamentais para gerar riqueza distribuída em todas as regiões. A presença de um campus em uma região tem o poder transformador, gerando novos empreendedores e novas vagas de emprego.

pronatec ifpr

Atenciosamente,

Prof. Jesué Graciliano da Silva

Reitor pro tempore do IFPR

 

Leave a comment

Filed under Uncategorized